Apresentação do livro "Algarve Manifesto" de Jacinto Palma Dias Versão para impressão
sábado, 01 junho 2019 15:02

cartaz da apresentação do livro Algarve manifesto3 de junho | 16h00 | Biblioteca Municipal

Apresentação do livro "Algarve Manifesto" de Jacinto Palma Dias

A todos os que se interessam pela história do Algarve, a Biblioteca Municipal Dr Estanco Louro convida a assistir à apresentação do livro "Algarve Manifesto",do historiador, Dr. Jacinto Palma Dias.

Jacinto Palma Dias conhece e compreende o Algarve e a sua história como ninguém. Em "Manifesto" escreve-o, descreve-o desde longínquos tempos, quando se encontrava uma região com identidade, força e afirmação próprias, até a uma actualidade em que só sobressai a 'marca branca algarve'. 

Citando-o: ousar 'elaborar uma História do Algarve consiste em profanar um tabu, isto é, a própria História de Portugal.'

É um retrato compungente. Um relato de homens de costas erguidas que amiúde tropeçam e caiem. E que se levantam diversas vezes ao longo dos longos séculos da história algarvia.

O "Manifesto" é afinal um despertador psicológico, um elixir para lavagens oftálmicas. Na sua posologia recomendam-se três leituras atentas a todos os algarvios de costela e alma, já que nos seus períodos bons a região foi sempre pertença de um povo de culturas...

Junte se a nós e surpreenda-se com uma visão diferente da nossa História.

REPORTAGEM

apresentacao_algarve_manifesto_01 apresentacao_algarve_manifesto_02 apresentacao_algarve_manifesto_03


Jacinto Palma Dias
 conhece e compreende o Algarve e a sua história como ninguém. Em MANIFESTO escreve-o, descreve-o desde longínquos tempos, quando se encontrava uma região com identidade, força e afirmação próprias, até a uma actualidade em que só sobressai a 'marca branca algarve'. Citando-o: ousar 'elaborar uma História do Algarve consiste em profanar um tabu, isto é, a própria História de Portugal.'

 

É um retrato compungente. Um relato de homens de costas erguidas que amiúde tropeçam e caiem. E que se levantam diversas vezes ao longo dos longos séculos da história algarvia. O MANIFESTO é afinal um despertador psicológico, um elixir para lavagens oftálmicas. Na sua posologia recomendam-se três leituras atentas a todos os algarvios de costela e alma, já que nos seus períodos bons a região foi sempre pertença de um povo de culturas...

 
Comentários
Adicionar novo Busca
Escrever um comentário
Nome:
E-mail:
 
Título:
UBBCode:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img] 
 
 
:angry::0:confused::cheer:B):evil::silly::dry::lol::kiss::D:pinch:
:(:shock::X:side::):P:unsure::woohoo::huh::whistle:;):s
:!::?::idea::arrow:
 
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.

3.26 Copyright (C) 2008 Compojoom.com / Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."